3.8.07

há coisas fantásticas não há?

A autoridade da concorrência multou a PT por abuso de posição dominante. Agora vem o Granadeiro dizer que vai recorreraos tribunais por causa da multa, muito bem pregada, de 38 milhões pois como diz "é inexplicável e despropositada". Eu, como consumidor dos serviços do megalesma.sapo.pt e outras assinaturas telefónicas, faço um apelo a todos os clientes desta empresa de gatunos que nos tem roubado descaradamente há mais de meio século, para a processar pelos maus serviços e roubos que faz e tem feito aos portugueses durante longos anos.

Actualização do post:

Durante alguns meses, antes de me interessar pala blogosferas portuguesa, li e comentei a edição online do Jornal de Negócios, onde aparecem artigos de opinião interessantes de alguns colunistas. Os jornais económicos são uma fonte de informação, por vezes, mais interessante que a imprensa generalista, que, em questões económicas, as mais importantes pois os políticos são meras marionetas do poder económico, e porque revelam realidades que escapam à maioria de muitos de nós, nem sempre de forma isenta, mas, nem, e sobre tudo, nos blogs assim é...

Nem sempre concordo com o que Luíza Bessa escreve mas, de uma maneira geral, tem uma visão equilibrada sobre os temas que aborda e é o caso do artigo de ontem sobre a questão da multa que a Autoridade da Concorrência aplicou, por abuso de posição dominante, à PT.

E, Luíza bessa diz a determinado momento: "Depois da violenta polémica entre a PT e a AdC, em torno da autorização da OPA da Sonae, é irresistível levar o assunto para uma reedição do verdadeiro combate de egos entre Abel Mateus e Henrique Granadeiro. Mas essa fulanização apelativa esconde o essencial: pela primeira vez o regulador consegue levar ao tapete o campeão nacional das telecomunicações. E atacar de frente o operador incumbente que beneficiou durante anos de excessiva complacência na defesa do seu poder dominante apesar das declarações políticas a favor da liberalização do sector. "

Mais adiante: "Num ponto Abel Mateus não sai bem deste processo. O tempo transformou-se no calcanhar de Aquiles da AdC, desde de que as decisões sobre os processos de concentração da Sonae com a PT e do BPI com o BCP demoraram bem mais de um ano. Neste caso essa variável é ainda mais longa: a queixa remonta a 2003 e a decisão do regulador demorou quatro anos. Nestes quatro anos, houve tempo para mudar a gestão da empresa e para o regulador das telecomunicações impor novas regras que corrigem a situação. E os consumidores e as empresas, todos os que terão sido prejudicados, como vão ser ressarcidos?"

Ler o artigo na íntegra no Jornal de Negócios.


2 comments:

Cristina said...

sinceramente não sei porque é que ainda tenho a assinatura PT...

um beijo. já disse que gosto muito do novo retratino??

beijinho

e-ko said...

Cristina,

é, muitas vezes, por "hábito" sem reflectir que as pessoas mantêm um contrato com a PT como para outros serviços, por vezes, porque não há alternativa. No meu caso foi a pensar que, justamente, as novas medidas para a concorrência viessem modificar alguma coisa e, como, de qualquer forma me via na obrigação de pagar a instalação da linha para ter internet, fiz um contrato por 12 meses e, agora, só espero o fim do mesmo... o serviço é mau, introduzem-se no meio do que estou a fazer, para me impingirem publicidade e cobram balúrdios pelo tráfico internacional pois o blogger e o google não fazem parte do tráfico nacional que tem poucos conteúdos interessantes.

obrigada pelo elogio do retratino. feito com uma fotografia que tem 10 anos, uma imagem pequeníssima duma foto de grupo, pois detesto que me fotografem, escondo-me sempre atràs duma câmara para não ser caçada pelas camâras dos outros...