25.8.07

Filipe, olha para o top 10 dos países mais ateus no mundo

Ao receber a newsletter do egoblog do Tristão (um blog hipersubjectivo como diz Tristan Mendès France, judeu, ateu, laico, e sionista propalestiniano, que já apresentei aqui num outro post) ela remetia-me para o fluctuat que já dava uma lista dos 10 mais ateus, que já vou pôr aí em baixo, e, curiosidade despertada, fui ver mais em detalhe como se processava a coisa no resto da Europa e na penísula Ibérica em Particular no estudo publicado pala Universidade de Cambridge:


lista dos 10 mais ateus:

1. Suécia (até 85% de não crentes, ateus e agnósticos)
2. Vietnam
3. Dinamarca
4. Noroega
5. Japão
6. República Checa
7. Finlândia
8. França (entre 43 et 54 % de não crentes, ateus et agnósticos)
9. Corea do Sul
10. Estónia (até 49 % de não crentes, athées e agnósticos)

Depois para a Espanha, as diferentes estatísticas apontam para de 15 e 24% entre não crentes, ateus e agnósticos.

E Portugal está a 4 a 9% entre não crentes, ateus e agnósticos.

Por curiosidade... cof!cof!cof!... aqui vai o resultado para as terras a que pertence o Oeste Bravio: 3 a 9% de não crentes, ateus e agnósticos... terreno favorável a criacionistas e outros fundamentalistas... Bush pode dormir descançado...

No tal estudo ainda se diz": However, nations marked by high levels of organic atheism – such as Sweden, the Netherlands, and France -- are among the healthiest, wealthiest, most educated, and most free societies on earth." (que traduzo para os não anglófonos: "Porém, países assinalados com fortes níveis de ateísmo - como a Suécia, a Holanda, e França - estão entre os que têm melhores níveis de saúde, riqueza, educação, e são também as sociedades mais livres, no mundo.

Qual era a tua teoria sem as estatísticas ?

10 comments:

Watchdog said...

Penso que as nações que estão nos 10 primeiros lugares, nunca tiveram grandes tradições católicas... Se calhar não tem muito a ver com o propósito ou objectivo do seu post, mas inclusivamente, há dias li no Diário Ateísta um post interessante, aquando destas comemorações recentes de milhares de fiéis em Fátima,etc. O post criticava a hipócrisia da Igreja e a sua posição de "encosto" a Salazar, não protejendo os fiéis que foram "escorraçados" para fora do país pelo ditador...
Quis deixar o link do post, mas estou com dificuldades em conseguir "entrar" no Diário Ateísta... se quiser pesquisar o Diário, está no meu blog, também "promovido" a "cão de fila"!

e-ko said...

já vou ver. entro no diário ateísta pelo blog do Filipe ou pela esquerda republicana em que colabora também o mesmo Filipe do oeste bravio. volto já!

e-ko said...

suponho que esteja nos arquivos de julho mas não consigo abrir dá um erro qualquer e nada... fica para outra altura.

o objectivo do post está na conclusão do estudo de Cambridge, são as sociedades com índices mais elevados de não crentes, com excepção para os US - mas aqui a minha teoria é que a coisa está a degradar-se progressivamente, é ver as pontes a caír, as dificuldades das vítimas de catástrofes naturais, o estado dos serviços de saúde, etc. - são aquelas que têm melhores índices de saúde, riqueza, educação e liberdades.

da lista dos 10, tirando o Vietnam, o Japão e a Coreia du sul, os outros são países cristãos e só a República Checa e a França têm uma forte tradição católica mescladas de revoluções e outras convulsões...

mas isto veio a talho de foice por causa de 1 ou 2 postes do Filipe.

LB said...

Parece-me ter ouvido que Madre Teresa, afinal, tinha dúvidas... será que foi depois de ler tal estudo?

Boa tarde!

e-ko said...

sem ler o estudo, ela chegou a essa conclusão, o que prova que ainda há pessoas inteligentes no interior da igreja... enquanto há vida há esperança!

no entanto, poucos são os que osam dizer o que lhes vai na alma...

Manuelinho said...

No meu entender o estudo só reforça o que eu já penso há muito. A religião obsta a que os povos sejam verdadeiramrnte livres.

Squeezy said...

O meu pensamento vai de encontro ao do "manuelinho".

Pois a religiao impoe "barreiras! que apenas sao vistas por que segue a propria religiao!!


PS: o interesssante no caso da Madre Teresa, é que a resposta do Vaticano as dúvidas dela, foi que "também Jesus teve duvidas, quando estava na cruz"

Watchdog said...

The Watchdog mudou de endereço:
http://thewatchdog-blog.blogspot.com/

Peço desculpa pelo incómodo.

1 Abraço!

Filipe Castro said...

Eu acho que ha mais pessoas com duvidas do que sem duvidas. Senao nao se irritavam tanto com as nossas piadas... :o)

E em relacao à relacao religiao/educacao, acho que é o Richard Dawkins que diz que estatisticamente é quase impossivel que 75% dos congressistas e senadores americanos nao sejam agnosticos ou ateus (por causa do nivel de educacao deles).

provavelmente talisca said...

E a cultura em que nascemos, a nossa inteligência e sensibilidade e a educação que nos foi dada esbarram muitas vezes umas com as outras. O resultado para as pessoas que não utilizam o método de analizarem tudo friamente é normalmente a incoerência e a irracionalidade. O que faz com que a estatística (na minha opinião) de Richard dawkins seja um pouco menos do que fiável.