11.4.07

fora de contexto, só para poetas e músicos

O violinista prodígio Joshua Bell e o seu Stradivarius avaliado em 3,5 milhões de euros exibiram-se durante 45 minutos numa estação de metro de Washington sem conseguirem obter qualquer reacção dos transeuntes.
A iniciativa foi do ‘The Washington Post’ e, ao contrário do sucedido três dias antes, com bilhetes esgotados a cem euros no Symphony Hall, em Boston, na estação L’ Enfant Plaza, Bell foi ignorado pelas 1097 pessoas que passaram por ele entre as 07h15 e as 08h00. Excepção feita às crianças, o que, para o jornal, parece comprovar que todos nascemos com alma de poetas e de músicos.
Para Mark Leithause, co-director da National Gallery, não houve surpresa porque “a arte tem de estar em contexto”, disse. No CM.

4 comments:

Rafaela said...

´´´´´´´´´´´´¶´¶¶´¶¶
´´´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶¶
´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶
´´´´´¶¶´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´¶¶
´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶
´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶
´´¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶´¶
´¶´´´´´´´´´´´´´´´´¶´´´´´´´´´´´´´¶
´¶´´´´´´´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´¶
´¶´´´´´´´´´´´´¶¶´¶´´´´´´´´´´´¶´´´¶
´¶´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´´¶¶¶¶´´´´¶
´¶´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´¶¶´´¶´´´´¶
´´¶´´´´´´´´¶¶¶¶¶´¶´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´¶
´´¶¶´´´´´´´¶´´´´´¶´´´´¶¶¶¶¶¶´´´¶¶....OI
´´´¶¶´´´´´´¶´´´´¶´´´´¶¶¶¶´´´´´¶
´´´´¶´´´´´´¶´´´¶´´´´´¶´´´´´´´¶.........TÔ PASSANDO
´´´´¶´´´´´´¶¶¶¶´´´´´´´´´¶´´¶¶
´´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶´´¶..............PRA DEIXAR UM
´´´´´¶¶¶´´´´´´´¶¶¶¶¶´´´´´´¶
´´´´´´´´¶¶¶´´´´´¶¶´´´´´´´¶¶..............ENORME ABRAÇO
´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´¶¶¶¶¶¶´
´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´¶¶´¶......................
´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´´´´¶´¶¶
´´´´´´´´´¶´´¶¶´´´´´¶´´´¶
´´´´¶¶¶¶¶¶´¶´´´´´´´¶´´¶´
´´¶¶´´´¶¶¶¶´¶´´´´´´¶´´´¶¶¶¶¶¶¶
´´¶¶´´´´´´¶¶¶¶´´´´´¶´¶¶´´´´´¶¶
´´¶´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´¶
´´´¶¶´´´´´´´´´¶´´´¶´´´´´´´´´´¶
´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
TE DESEJ0 UMA ÓTIMA SEMANA !!!

Gi said...

Discordo em absoluto com Mark Leithause, arte é arte onde quer que seja. Nós, ou a grande maioria é que é desatenta ao que de bom e belo nos rodeia. A arte é como um sinal de STOP , para-se , escuta-se e olha-se... mas há sempre os que desrespeitam as regras.

Bom dia :)

e-konoklasta said...

Gi, de acordo contigo mas, tenho que dizer que, de uma maneira geral, os adultos, face a uma manifestação artistísca descontextualizada, desvalorizam-na, porque gratuita... e só as crianças e humanos mais "disponíveis" encontram aí o valor do sinal stop duma expressão artística. Observei-o, muitas vezes, nas ruas de Paris.

Guilherme said...

Para a maioria dos adultos a arte é valorizada pelos $, enquanto às crianças basta o sentir. Nunca o Principezinho foi tão actual.
Bjos