31.12.08

do Terreiro do Paço para debaixo do tapete na Praça da Alegria
durante os festejos do réveillon


"Alguns, dos cerca de 80, fogem do barulho e do brilho de um espectáculo que não rima com a insignificância em que vivem. Mas a maioria não tem alternativa e sabe que se decidir pernoitar nas arcadas arrisca-se a sofrer na pele - como em anos anteriores - as risadas dos foliões, episódios de violência física e até roubos, ficando sem o pouco que tem. Depois há ainda os que, mesmo querendo ali permanecer nestas noites, são vítimas do efeito de "varredura", promovida pelas autoridades, que policiam os ministérios." AQUI.
imagem: fotografia que trouxe há dias de "o Jumento".

No comments: