20.7.08

Essas Elites Que Nos Exploram:
e nos mantêm nas listas de espera

Inspecção denuncia caos na gestão hospitalar


“Em 2003 e 2004, quase um milhão e 200 mil euros foram pagos indevidamente em remunerações e regalias excessivas às direcções dos Hospitais do Serviço Nacional de Saúde. Há vários casos ainda por resolver.”

“A investigação era arrasadora, indicando que, em 2005, o SNS tinha gasto indevidamente com os órgãos gestores dos hospitais públicos quase um milhão e 200 mil euros. Destes, 486 mil diziam respeito aos hospitais SA e 709 mil aos do Sistema Público Administrativo (SPA).”

“Ao longo das centenas de páginas dos relatórios são enumeradas dezenas e dezenas de casos irregulares e mesmo claramente ilegais. Exemplos? Um director clínico, para além do seu normal vencimento, recebia também uma remuneração por ser assessor da sua própria direcção; subsídios de representação eram atribuídos, indevidamente, nos meses de férias e Natal e com efeitos retroactivos; Conselhos de Administração autopromoviam-se para o escalão máximo de remuneração.”

1 comment:

quink644 said...

Se eu fosse a ti desligava as charangas do Braganza, quem quiser música liga-as... e depois, é cada vez mais difícil colocar lá qualquer coisa que se consiga ler... Esta mudaça gráfica foi muito má...
Um abraço,
quink644