4.5.08

o resultado do gerador de arte digital criado por Milton Manetas








Façam capturas de ecrã depois de encherem o espaço branco como entenderem. Podem ver o original aqui, elo que está na margem direita há já algum tempo, que dirige para o site onde o gerador de pinturas digitais criado por Milton Manetas, onde se geram imagens muito parecidas com as telas da action painting de Jackson Pollock .

12 comments:

Alien8 said...

E-ko, ou e-ko, como preferires,

Perla amostra acima (a que vejo lá agora mesmo, além da primeira), se vê que não dou para a pintura...

Mas é uma interessantíssima experiência, e um post daqueles mesmo, mesmo bons!

Para "uma vadia que preza a sua liberdade", ficam estes versos finais do poema "Liberté", de Paul Éluard:

"Je suis né pour te connâitre,
Pour te nomer
Liberté".

Alien8 said...

E ainda... por falar em liberdade, tomei a liberdade de acrescentar este blog à minha lista de favoritos. Se não o quiseres lá, peço o favor de mo dizeres.

e-ko said...

olá alien,

é mesmo e-ko e não E-ko. foram os bloggers que assim começaram a chamar-me (e-ko-noklasta) gostei e adoptei.

lindos os versos do Éluard. obrigada e também por me linkares.

abraço.

Ana Paula said...

Fantástico! Diverti-me imenso a deixar-me levar pela action painting!
Por sinal, adoro as telas do Pollock!

Obrigada, e-ko! Super interessante, a ideia.

Miguel Barroso said...

Curioso. Gostei mais do teu blog propriamente...
Linkada.

Alien8 said...

e-ko,

Ainda os versos do Éluard... vim aqui pintar (!) e reparei no meu erro: deveria ter escrito nommer e não nomer. Bolas! Enfim... pintemos :)

Lola said...

e-ko,

Obrigada. Já me diverti a pintar:))

beijo.

LB said...

E se isto existisse no tempo de Picasso...?

Lola said...

e-ko.

Isto está a ficar viciante, mas não consigo imprimir.


Bom Fim de Semana

Gi said...

vou dar asas à minha imaginação
e guardar o link
entretanto deixo-te aqui a nota do prémio que deixei lá no meu canto

Blog maravilha, já sei que não vais dar sequência mas pronto, está dado , está dado e mai nada :)

beijinhos

e-ko said...

tenho andado a adaptar-me a um novo sistema operativo, porque tive de mudar de máquina... a outra já não aguentava o que eu lhe impunha.

agradeço as vossas visitas e o prémio da Gi... que não mereço!

Lola,

vai ao link que indica o texto e terás um espaço para te entreteres muito maior, depois, com um soft de captura de imagem guardas a imagem (como eu fiz com a de cima) e assim podes imprimir.

beijinhos a todos

xatoo said...

"se isto existisse no tempo de Picasso" teria sido um retrocesso; com Picasso aprendemos a "ver imagens" sob diferentes perspectivas - ao passo que isto, mandar bitaites para o espaço, borrões que não significam nada, até o meu cão consegue fazer - é giro. E é apenas o que resta das nossas aspirações sociais: achar coisas giras!?, pelo menos por aqui, na obesidade ocidental - porque existem outros lados onde a Arte está viva.
Na nossa época um verdadeiro artista, entre outros e como mero exemplo de "reality Art", é aquele rapaz que fodeu o colar de diamantes ao rapper-machina 50 Cents - não deixou nem rasto em tela,,, mas deu-me um gozo desgraçado, mesmo sem ver quadro, imagem, ou coisa que o valha