11.12.07

mas Sr. Presidente, então não sabia que o Iraque e o Irão não tinham armas de destruição massiva e não sabe o que foi feito dos vídeos das torturas...




...da CIA, são coincidências, mentiras ou incompetência ?
Depois de ter sido divulgado pelos médias que os vídeos gravados durante os "interrogatórios" dos presos de Guantanamo tinham sido destruídos, apareceu um agente que na altura participou nessas inquirições e que diz a tortura foi corrente.
Para ler e ver as fotografias e os vídeos com as suas declarações na abcnews. Em francês no le monde.

3 comments:

PostScriptum said...

Os barões do pentágono e os mafiosos da CIA são bem capazes de esconder coisas a esse cretino, embora não acredite que ele não saiba de nada. Mas o que esperar de um fulano perfeitamente boçal como Bush? Serão resquicíos do álcool que conumiu (consome?) em quantidades generosas?
Beijos

PostScriptum said...

Director da CIA questionado sobre desparecimento de imagens de interrogatórios
O director da CIA foi questionado por membros do congresso americano à porta fechada esta terça-feira. O General Michael Hayden foi explicar porque é que foram destruídas cassetes de vídeo com registos de interrogatórios de suspeitos de terrorismo.

"Cabe ao comité analisar todos estes factos e eu estou bastante satisfeito por vir aqui e apresentá-los tal como os conhecemos e ficarei muito contente de ir onde os factos nos levarem", afirmou Hayden à chegada ao Congresso.

Hayden foi ao congresso no mesmo dia em que vieram a público notícias de que a CIA usou a turtura em interrogatórios.

O senador democrata Harry Reid afirmou que "estas últimas notícias sobre cassetes destruídas levantam muito mais questões do que as respostas que temos".

No mesmo dia um antigo agente da agência de informação norte-americana publicou um relatório onde revela que a CIA utilizou uma técnica conhecida como "waterboarding" para interrogar uma figura de topo da Al Qaida".

A prática, que terá sido aprovada pelas altas chefias governamentais, consiste na aplicação de uma toalha embebida em água na cabeça do suspeito, provocando uma lenta asfixia.


In http://www.euronews.net/index.php?page=info&article=458850&lng=6

PRS said...

Sobre o programa oficial de tortura dos EUA vai estrear um filme interessante. A crítica dividiu-se. O tema do mais recente filme de Gavin Hood é o programa da CIA que tem sido justificado pela Administração norte-americana como necessário para a obtenção de informações que visam proteger a segurança nacional e consequentemente a vida de milhares de pessoas. O recurso a técnicas intensivas de interrogatório é objecto de escrutínio e a pergunta impõem-se: até onde estamos dispostos a ir enquanto civilização em nome da segurança nacional? É aceitável o uso de técnicas de tortura para evitar o terrorismo? Petrificante é descobrir que uma pergunta de resposta óbvia... merece afinal um second thought por parte da opinião pública americana. Afinal, não é evidente para todos que a tortura é um crime e uma violação dos direitos humanos. O filme chama-se RENDITION e aqui fica o trailer: http://opoderdegrayskull.blogspot.com/2007/12/um-programa-da-cia-chamado-rendition_6667.html. Com Jake Gyllenhaal e Meryl Streep.