5.7.07

a CIA infiltrada por de Niro



Vi que este filme saíu ontem em França e lembrei-me dum post do Pedro Silva no blogue "armadilha para usos conformistas" que aqui deixo em parte, porque não há link directo e é um dos últimos do blogue que terminou há algumas semanas. Para ler o resto é preciso procurá-lo AQUI.
"O bom Pastor é um filme de espionagem, mas não só. Retrata com enorme intensidade e com um ambiente de fria tensão, todo o ambiente da guerra fria e pré guerra fria. Centra-se na história de Edward Wilson( Matt Damon) que se torna um operacional da CIA de topo.
E mostra como, primeiro, a CIA foi criada, mostra o ambiente de "poder coberto" pré 2ªguerra mundial e após; e mostra toda uma visão do mundo da espionagem, do poder silencioso que se esconde por detrás.O filme é algo estranho, negro e cheio de personagens emocionalmente "desligadas", soturnas, frias, à maneira do gelo, e mostra , servindo-se do personagem principal para isso, como, com o andar dos anos, a pessoa vai perdendo, inexoravelmente, cada vez mais qualquer restea de humanidade, precisamente por viver naquele mundo. O filme é construído, em parte no mesmo estilo dos filmes de
Quentin tarantino. Começa pelo fim, uma das partes do fim, "volta para trás", tudo baseado nos flashbacks e no que acontece, no passado e no futuro/presente, quer em termos pessoais, quer em termos gerais ao personagem de Matt Damon.Numa narrativa linear explicativa, o que o filme retrata é o ambiente universitário de Yale, pré 2ª guerra mundial, onde pessoas de classes abastadas frequentam universidades de topo, que Edward wilson(Damon) frequenta - um ambiente cordial e de espírito de camaradagem, mas ao mesmo tempo fortemente elitista e totalmente assente numa lógica de poder. Aquelas pessoas estavam a ser formadas para serem a futura classe dirigente dos U.S (do mundo?).Damon é recrutado aí, por um agente do FBI para fazer parte do que então existia como esboço de serviços secretos. Com o desenrolar da guerra, os EUA criaram o OSS, e posteriormente em 1947 criaram a CIA. Já assente em princípios de serviço de informações reais e concretos.O filme mostra algo que era verdade, ou seja, que os americanos estavam completamente fora do jogo da espionagem pré segunda guerra e estavam a serem penetrados deliberadamente pela Abwehr nazi e que procuravam recrutar "simpatizantes" da causa" nazi."

2 comments:

wiLey_Lewis said...

Boas.Este blog está muito fixe!
Visita o meu: http://genericodavida.blogspot.com
Continua com o bom trabalho! :)

pedro silva said...

E muito obrigado pela ligação e pela cópia do texto...