5.6.06

os patos por cá são bravos, em França os patos são bravíssimos


Aqui vos apresento o semanário satírico "canard enchaîné" de que já tenho falado nos comentários que fiz neste e noutros blogues. Este periódico, tem ajudado, pelas revelações que tem feito, a desmascarar muitas práticas corruptas e pouco humanas de muitos decisores da vida política e económica francesa. Tem sido, muitas vezes, referência, para o "le monde" e "libération".
Elo para o site do jornal, com as explicações dizendo respeito às opções relativamente à visibilidade na net:
http://www.lecanardenchaine.fr
Elo para a apresentação de uma primeira página inteira:
http://www.lecanardenchaine.fr/une4466.html

3 comments:

provavelmente talisca said...

Sa est pas bien, monsieur.
Porquoi on peut pas manger le canard? Meme si le canard, digitalizé, reste pas bien condimenté...

Je veux le canard, sil vous plait.
Et une boteille de vin blanc...

O meu francês está um bocado perro...

As minhas desculpas.

maloud said...

Agradeço-lhe a atenção, embora sabendo que não me era exclusivamente dirigida, porque nunca me dei a vedetismos ocos, mas como já expliquei no post anterior, pouco me aproveitaria a leitura do Canard Enchaîné.

o-espectro said...

Este número é fraquérrimo. Aliàs, eles comentam os jornais e revistas franceses ou citam fontes anónimas dos circulos governamentais, para lá de algumas ana´lises de JL- Porquet que escreveu uns livros sobre o Jacques Ellul, sociologo esquerdista, e do inenarrável érard Guegan, ex-situacionista fazer o desk. u sei do que falo, pois leio o anard há mais de 30 anos, claro. Niet

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...